Concelho de Mira Palheiros Museu Etnográfico Pesca de Arrasto Pista Ciclopedonal Moinhos de Água
  • imagem
  • imagem
  • imagem
  • imagem
Pesca de Arrasto no Mar
 
Sendo uma actividade antiga, tem vindo a
sofrer evoluções com o tempo, mas continua
a ser uma verdadeira Arte no seu todo –
barco, redes, trabalho, pescadores –
representando, além de uma forma de vida,
um atractivo turístico e um magnífico
quadro ou espectáculo vivo para quem
procura a Praia de Mira.
 
É uma forma tradicional de pesca em que,
ainda hoje, os pescadores organizados por
companhas, enfrentam a rebentação e vão
ao mar num peculiar barco de madeira em
forma de meia-lua para depois lançarem as
enormes mas bem trabalhadas redes,
cercando e arrastando para terra
os cardumes.
 
Para puxar as redes para a praia contam com
a ajuda de tractores, que vieram substituir
as possantes juntas de bois
 
 
 
 
que durante décadas ajudaram os pescadores
a puxar barcos e redes. Logo depois dá-se
o espectáculo da abertura do saco da rede,
a descoberta da pescaria realizada e
procede-se a uma minuciosa escolha das
diversas qualidades de peixe que saltam e
escorregam das mãos conhecedoras dos
pescadores para as canastras da lota.
 
Para a pesca, diferenciam-se duas épocas
no ano: de Novembro a Março, altura em que
os homens, por razões do estado alterado do
mar, ficam em terra a preparar as redes com
a sua própria técnica; e de Abril a Outubro,
quando se juntam cerca de 15 homens, alguns
dos quais vão ao mar (normalmente 8),
enquanto outros ficam em terra a estender
as redes para o próximo lanço, a escolher
o peixe do lanço anterior, entre
outras tarefas.